A era da transformação digital do COVID-19

Tecnologia

Muita coisa mudou com a crise do novo coronavírus. A forma como nos comportamos em sociedade não é a mesma e as empresas não ficaram de fora das transformações acarretadas pela pandemia. 

O mercado foi um dos mais atingidos pelos efeitos da crise do COVID-19, afinal, ele foi forçado a trabalhar de maneira diferente, alterando sua configuração e forma de se comunicar, praticamente da noite para o dia, a fim de sobreviver à crise.

Assim, pode-se dizer que o vírus contribuiu para uma nova ordem mundial, onde tudo é feito por meio da internet, com o mínimo de contato possível entre um indivíduo de outro. 

Abrangendo toda a estrutura da nossa sociedade, o COVID-19 foi o acelerador digital da época, alterando, de maneira profunda, a forma como as empresas se relacionam e se comunicam. 

Entenda como a pandemia contribuiu para uma nova estrutura no que se diz respeito ao “fazer negócios”:

Impacto do COVID-19 no mundo dos negócios

Segundo um relatório emitido pela Twilio, o COVID-19 foi uma das forças motrizes para a aceleração digital da década, que promoveu o avanço tecnológico de empresas, no que se refere às operações e ao modo de se comunicar. 

A pesquisa, que contou com mais de 2.500 líderes empresariais, afirma que as estratégias de comunicação digital tiveram um aceleramento médio global de seis anos. Logo, pode-se dizer que o novo coronavírus levou as operações das marcas para o futuro – com avanços tecnológicos, que afetam, profundamente, o “fazer negócios”.

Dessa forma, os inibidores de avanços foram deixados para trás e o que se vê hoje em dia é a inovação.

Essa força fez com que líderes abandonassem a resistência quanto às novidades – softwares, novos projetos, etc –, passando a enxergar o futuro de maneira mais próxima, afinal, a pouco ele seria sua realidade. 

Assim, diversos setores foram afetados pelos impactos do novo coronavírus, desde o mercado financeiro até o ramo de serviços, que precisou se modificar e abraçar as tecnologias para manter o cenário ainda em funcionamento. 

Outro ponto importante que precisa ser considerado por negócios que desejam sobreviver a esta turbulência provocada no mercado pelo novo coronavírus, é a contratação de uma agência de SEO, já que neste momento, todos estão em casa buscando no Google por tudo que precisam. Dessa forma, posicionar sua empresa no Google tornou-se algo ainda mais importante.

Além disso, outra dica importante para aumentar as vendas do seu negócio, é a utilização do advertorial. O advertorial é um artigo de vendas que possui uma alta taxa de conversão, já que seu layout é igual ao dos principais portais de comunicação, e por isso, transmite maior credibilidade para o público, aumentando assim, as chances de compra. Experimente, vale a pena.

Transformação digital

Quando falamos sobre a transformação digital trazido pelo novo coronavírus, não estamos nos referindo a uma onda de grande magnitude que afetou de uma só fez todos os setores do mercado. Cada segmento sofreu à sua maneira, em diferentes graus de intensidade – mas todos foram obrigados a mudar. 

A começar pela tecnologia, que foi a primeira a ver as transformações acontecerem. Em seguida, nota-se avanços no que se refere aos setores da energia e da construção que segundo pesquisas, tiveram um aceleramento de cerca de 7 a 8 anos, respectivamente. E os segmentos de saúde e varejo não ficam para trás. 

Nesse sentido, tudo mudou, desde as comunicações até as operações mais simples. Trabalho remoto, tecnologias que tomaram o lugar de ações, até então, tradicionais (ensino à distância, compras online, etc), podemos afirmar que sim as transformações digitais foram profundas e se estendem por todos os lados da nossa sociedade. 

Contudo, em meio à pandemia, a resposta para sobrevivência do mercado é se adaptar e seguir em frente, rumo à inovação.