A Importância de um site SEO para seu negócio

Tecnologia

Não é de hoje que se discute a importância do SEO (Search Engine Optimization) para as estratégias de marketing digital. Muito disso, deve-se à própria eficiência do método, com capacidade de melhorar a classificação das páginas nos mecanismos de busca.

De maneira geral, o SEO é uma otimização das páginas web para os buscadores, em especial o Google, com o intuito de melhorar o rankeamento dos sites e, desse modo, colaborar com o aumento do tráfego orgânico.

Estima-se que os primeiros três resultados no Google sejam responsáveis por cerca de 30% das taxas de cliques. Por isso, aparecer com uma boa classificação é a chave para conquistar ótimos resultados para a sua empresa.

No entanto, chegar ao pódio não é uma tarefa tão fácil assim. Daí temos o SEO, que a partir de suas técnicas, é capaz de colaborar com essa classificação.

No artigo de hoje, conheça mais sobre a importância de um site SEO para o seu negócio e saiba como aplicar a estratégia de modo eficiente. Acompanhe a leitura!

Mas, afinal de contas, o que é SEO?

O SEO refere-se a um conjunto de técnicas que visam aumentar o número de visitantes do seu site de maneira orgânica (sem publicidade), a partir da classificação do seu conteúdo no Google.

Ou seja, quando pesquisamos por shampoo antiqueda sem sal, por exemplo, vamos nos deparar com uma série de resultados no Google. A tendência é clicar logo nos primeiros, pois acreditamos – e confiamos – na classificação do buscador.

Assim, quanto mais visitantes na sua página, maiores são as chances de conversão de leads (potenciais clientes) e, é claro, de vendas.

Hoje em dia, a estratégia de SEO é separada em duas campanhas principais: o SEO On Page e o Off Page. A seguir, conheça as especificações de cada uma delas.

1 – SEO On Page

O SEO On Page engloba as técnicas de otimização aplicadas dentro da sua página de negócios, como o código, a estrutura do site e, principalmente, o conteúdo.

Aqui, é notável o uso de palavras-chave para indexação do seu material. Sendo assim, uma empresa de escavação, por exemplo, deve escolher os melhores termos, conforme os interesses do público-alvo, para produção de conteúdo relevante.

2 – SEO Off Page

Por outro lado, o SEO Off Page refere-se às técnicas de otimização que estão fora do seu site, como é o caso do link building.

Essa estratégia é caracterizada pela conquista de hiperlinks de outros sites que apontam para o seu conteúdo. Hoje em dia, o Google considera essa prática como um dos principais fatores de rankeamento.

Por esse motivo, caso você escreva um conteúdo sobre demolição e terraplanagem, por exemplo, é essencial que esse material seja muito bem produzido, valioso e informativo, justamente para aumentar as chances de citação do seu site em outras páginas web.

Como aplicar a estratégia SEO no seu negócio?

Diante do potencial do SEO para melhorar o tráfego orgânico do seu site e, desse modo, resultar em um aumento significativo do potencial de venda, várias empresas começaram a empregar a estratégia em seus planejamentos de marketing digital.

Entretanto, é necessário traçar um projeto assertivo para o SEO, se não, você pode acabar se frustrando – ou pior: tendo resultados negativos!

Em primeiro lugar, é válido dizer que o SEO é uma estratégia a longo prazo. Por isso, não espere produzir um único conteúdo sobre projeto de stand, por exemplo, e já conseguir uma ótima classificação no Google.

Lembre-se que a estratégia é um processo e é preciso sempre atualizar o seu site, já que os próprios fatores de rankeamento do Google mudam ao longo do tempo.

A seguir, veja algumas dicas de como começar a aplicar o SEO no seu site.

1 – Defina os objetivos e persona

Para que a sua estratégia de otimização seja eficiente, é necessário saber o porquê você está aplicando o SEO. Alguns dos objetivos principais são:

  • Aumento do tráfego orgânico;
  • Geração de leads;
  • Geração de vendas;
  • Educar o mercado;
  • Melhorar a autoridade da marca.

Após definir os objetivos, é o momento de conhecer a sua persona (personagem semi fictício do cliente ideal). 

Até porque saber quem são os seus consumidores também é uma forma de orientar a produção de conteúdo SEO.

Pense, por exemplo, quem se interessa por um mobile de teto promocional. É bem provável que essa pessoa tenha um perfil muito específico e, por essa razão, vale a pena direcionar o conteúdo para alcançar melhores resultados.

2 – Escolha das palavras-chave

Esse é um dos passos mais importantes para a aplicação do SEO no seu site. Afinal de contas, são elas as principais responsáveis pela indexação do conteúdo dentro dos mecanismos de busca.

A recomendação é que elas tenham relação com o seu nicho de atuação e, ao mesmo tempo, despertem o interesse dos leitores.

Por esse motivo, elas devem ser colocadas no texto de modo estratégico, no título, em locais específicos do texto e o principal: fazer sentido dentro do conteúdo.

Assim, se a sua palavra é “instalação elétrica externa”, por exemplo, vale trazer um conteúdo interessante que fale sobre esse serviço.

Atualmente, é possível verificar a eficácia do seu conteúdo com ferramentas gratuitas, como o Google Analytics e o Search Console, que mostram a interação e o engajamento dos usuários com seu site.

3 – Tenha um site otimizado para dispositivos móveis

Desde 2017, o Google está priorizando em seus resultados de pesquisa os sites que estão otimizados para dispositivos móveis (tablets e smartphones), ou seja, são responsivos ou possuem uma versão mobile.

Por esse motivo, é necessário adaptar a programação da sua página, já que os sites para celulares devem ser muito mais leves, com carregamento rápido e navegação ainda mais intuitiva.

Isso vale para todo o tipo de site: e-commerces, blogs, páginas institucionais, etc.

Portanto, se a página da sua empresa de locação de caçamba entulho ainda não está adaptada aos dispositivos móveis, este é o momento!

4 – Crie um conteúdo original e informativo

O marketing de conteúdo caminha lado a lado com o SEO. De nada adianta produzir um artigo cheio de palavras-chave, mas com um conteúdo que não faz sentido nenhum, ou pouco informa sobre o assunto pesquisado.

O Google leva em conta a experiência do usuário e isso está diretamente relacionado com a qualidade do seu conteúdo.

Sendo assim, se você vai produzir um conteúdo sobre porta papel de acrílico, faça uma pesquisa prévia sobre o assunto e traga informações que possam interessar ao seu leitor.

Lembre-se de escrever para uma pessoa, não para um algoritmo do Google.

Além do mais, outra dica importante é produzir um conteúdo original. O plágio é proibido, sendo uma prática mal avaliada pelo Google!

Claro que você pode se inspirar em outras páginas, mas nunca copie um artigo que não é seu. Invista um pouquinho de tempo e transforme o seu material em algo inédito.

5 – Insira CTAs no seu conteúdo

Os CTAs (Call to Action) são chamadas que direcionam os leitores para alguma ação, como a inscrição em uma newsletter, redirecionamento para a compra, baixar um e-book, entrar em contato com a empresa, entre outras atividades.

Eles são muito importantes no SEO, porque contribuem com a taxa de conversão, indo além do tráfego orgânico. Até porque, de nada adianta ter um grande número de visitantes, se eles são se convertem em leads.

Vale dizer que os CTAs devem ser interessantes, atrativos e conter verbos ativos para convidar os leitores.

6 – Escreva títulos atrativos

Os títulos são o primeiro contato dos visitantes com o seu site. Logo que eles fazem a pesquisa de palavras-chave, os usuários já veem os títulos escancarados no Google. Por esse motivo, eles precisam ser atrativos.

Além de conter a palavra-chave principal, os títulos precisam ser objetivos, não muito extensos e, finalmente, despertar a curiosidade dos leitores.

Uma maneira de fazer isso é com o uso de listas ou perguntas, que costumam inquietar os usuários.

Conclusão

O SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para os mecanismos de busca, é uma estratégia fundamental para as empresas que desejam se destacar na internet.

A principal intenção do método é melhorar a classificação dos sites nos buscadores, especialmente o Google, melhorando o rankeamento e, consequentemente, permitindo um aumento significativo no tráfego orgânico.

No entanto, fazer SEO não é algo tão simples assim. É preciso considerar os fatores de rankeamento do próprio Google e, ao mesmo tempo, ter a noção que a estratégia é processual e não se finda com uma única publicação de texto.

O artigo de hoje buscou trazer algumas dicas para as empresas que desejam melhorar o SEO e, desse modo, alcançar uma boa classificação, aumentar os visitantes, a conversão de leads e as chances de venda.