O que é o como funciona o cadastro positivo?

Finanças

O cadastro positivo é um assunto importante, mas que ainda gera muitas dúvidas nos consumidores. Criado pela lei 12.414/2011, o cadastro tem a função de reunir informações do histórico financeiro positivo de pessoas físicas e jurídicas que atuam no Brasil.

Dessa forma, os adimplementos — pagamentos realizados antes ou na data do vencimento — são considerados informações importantes com relação aos hábitos financeiros do consumidor. No cadastro positivo, leva-se em consideração o pagamento de contas como água, luz, telefone, cartão de crédito e parcelas de financiamentos e empréstimos. O cidadão que paga seus boletos em dia está automaticamente vinculado ao cadastro positivo, o que ajuda muito na hora de obter crédito.

O que é o cadastro positivo?

Trata-se de um tipo de cadastro financeiro que permite às empresas nas quais o consumidor solicita crédito verificar o comportamento financeiro do potencial cliente. De forma simples, podemos dizer que ele funciona como uma espécie de currículo, que é consultado, por exemplo, por um banco antes de conceder um financiamento ou crédito.

É importante entender que ele opera de forma diferente do cadastro negativo, já que neste último a empresa vê que o consumidor deixou de cumprir suas obrigações. No positivo, a análise é mais ampla, já que é possível ver também o que foi pago e como o cliente se comporta junto ao mercado. Inclusive, é através da análise dos pagamentos realizados que se faz o cálculo do chamado “score de crédito” ou “pontuação de crédito”.

O que é score de crédito?

A pontuação de crédito é outro fator analisado pelos bancos e instituições financeiras antes de conceder empréstimos ou créditos aos clientes. Todo consumidor com CPF possui uma pontuação que varia de 0 a 1000. Quem faz parte do cadastro positivo, marca pontos sempre que pagar suas contas em dia. Se deixar de pagar um boleto e o mesmo for para protesto, por exemplo, o score será reduzido.

As pessoas com uma boa pontuação são vistas com bons olhos pelas empresas de crédito, que conseguem ter mais segurança na hora de oferecer um empréstimo, já que entendem que as chances de você pagar suas obrigações são bem mais altas.

Por outro lado, quanto menor a pontuação do score de crédito, maior é o risco para a instituição financeira. Compreender o funcionamento do cadastro positivo pode te ajudar a aumentar seu score de crédito.

Como funciona o cadastro positivo?

O funcionamento do cadastro positivo é muito simples. A base de dados é alimentada com informações sobre a regularidade dos pagamentos de diferentes obrigações.

Isso significa que o pagamento — até a data do vencimento — de contas vinculadas ao CPF como água, luz, telefone, financiamentos e empréstimos, são registrados de forma a demonstrar que existe regularidade e bons hábitos financeiros. 

Quais as vantagens do cadastro positivo?

O cadastro negativo já existe há muito tempo e está vinculado à inconstância e atraso no pagamento de obrigações. O cadastro positivo é um sistema parecido, mas que tem o objetivo de mostrar o perfil dos bons pagadores. Mas quais as vantagens?

Para quem busca um financiamento, mesmo sem comprovação formal de renda, fica mais fácil conseguir o crédito em função das informações presentes no cadastro positivo. Até mesmo para as pessoas que já têm acesso ao crédito, o cadastro positivo é uma ferramenta que pode contribuir para aumentar a oferta e reduzir as taxas de juros, ampliando a possibilidade de negociação com as instituições financeiras.

O objetivo do cadastro é também o seu grande benefício, tanto para consumidores quanto para empresas. Com mais pessoas tendo acesso ao crédito e à concessão para pessoas com score alto, a inadimplência diminui e os juros acabam ficando cada vez mais baixos. Vale lembrar que os consumidores têm a opção de não manter cadastro positivo, caso não queiram compartilhar esse tipo de dado. Entretanto, a maioria das pessoas acaba optando pela manutenção do cadastro positivo, a fim de utilizá-lo em caso de necessidade.

E ai caro leitor do blog, você já sabia como funcionava o cadastro positivo? Aproveite o espaço abaixo para compartilhar com nossos leitores a sua experiência!