O que deve ser analisado ao investir em uma casa de ração?

O que deve ser analisado ao investir em uma casa de ração?

Diversos

Os negócios no segmento pet estão em franca expansão, as lojas de alimentos para animais de estimação são uma das principais. Uma vez que, as pessoas estão dispostas a dar o melhor aos seus pets, independentemente do valor. Mas no segmento que é tão competitivo, precisamos saber o que deve ser analisado ao investir em uma casa de ração.

Se você está pensando em como montar uma casa de ração para animais de estimação, as dicas a seguir são muito preciosas. Confira!

O que devemos analisar ao montar uma casa de ração?

O que deve ser analisado ao investir em uma casa de ração?

1. Ideia básica de negócios

A principal ideia desse negócio é oferecer comida para animais, com foco na venda de alimentos para todos os tipos, desde pequeno a grande porte. No entanto, ter algo a mais é essencial, como exemplo, vender itens e acessórios essenciais para o bem estar e saúde dos pets (medicações, casinhas, roupas, brinquedos, camas e outros).

2. O seu negócio é ideal?

Bem, como todos os tipos de empresas, para ser realmente rentável, você precisa que o empreendedor seja 100% dedicado e realmente goste de animais de estimação. Pois, essa será uma empresa que precisa de uma pessoa que esteja disposta a adquirir continuamente conhecimento sobre a operação dos negócios e as últimas tendências.

Outro fator importante é que o empreendedor conheça todas as marcas existentes e quais são as diferenças entre cada uma.

3. Planejando o negócio

Se você deseja começar com pouco investimento, é recomendável que essa empresa invista em produtos e acessórios apenas para cães  gatos. E, com o tempo, adicione mais mercadorias para espécies ou animais exóticos, como hamster, pássaros, tartarugas e peixes.

No futuro, você também poderá incluir serviços diferentes para animais de estimação, para que sua empresa seja mais global e muito lucrativa. Serviços básicos para cães e gatos, geralmente é uma boa oportunidade para incluir nesse tipo de negócio.

4. Competição

Como você sabe, não será o único a ter um negócio de alimentos para animais de estimação em sua área. Mas para você ficar mais calmo, terá que analisar sua situação. Atualmente, existem cinco tipos de concorrentes para este negócio:

– Lojas de alimentos com as mesmas características: estas serão sua principal concorrência; portanto, você deve analisar sua área e evitar negócios semelhantes, ou se quiser apostar o mesmo no projeto, deve descobrir tudo sobre a concorrência e, assim, conseguir conquistar os clientes deles.

– Pequenas lojas de acessórios para animais de estimação, que geralmente oferecem uma variedade de coisas.

– Uma das grandes ideias é como sair a frente de seus concorrentes, destacamos uns pontos importantes nesse material.

– Lojas especializadas em animais exóticos.

– Hipermercados que oferecem produtos similares, mas em quantidades menores.

– Veterinários que oferecem alguns desses produtos.

Analise cada uma delas e trace estratégias para atrair mais clientes para o seu negócio.

5. Planejamento de vendas para uma casa de ração

Para esse negócio, o ideal é um planejamento claro sobre o assunto, pois os clientes em potencial costumam ver a imagem que o negócio oferece a eles. Portanto, lembre-se:

– Sua empresa deve oferecer uma imagem esperada por seus clientes em potencial, cuidando da decoração, iluminação etc.

– Sua equipe deve transmitir profissionalismo, experiência com animais, além de serem realmente treinados para aconselhar seus clientes.

– Você deve investir no marketing do seu negócio para alcançar futuros clientes. Contrate um profissional, invista em publicações nas redes sociais, panfletagem, anúncios pagos, otimização do site da empresa, etc.

– Faça promoções semanalmente, isso geralmente atrai muitos clientes e análise o que os mesmos precisam.

Com essas dicas é possível identificar os pontos a serem analisados ao montar uma casa de ração.