Saiba como escolher a melhor estrutura para construções pré-fabricadas

Diversos

A utilização de estruturas pré-fabricadas nas construções do país vem crescendo de uma maneira significativa nos dias atuais. Isso porque, cada vez mais, o setor da construção civil está se mostrando mais exigente. Portanto, características como rapidez, qualidade e, até mesmo, sustentabilidade são buscadas em toda obra. 

Essa realidade fez com que a estruturas pré-fabricadas fossem ganhando respeito e espaço dentro das construções de várias empresas de engenharia civil em SP. Com isso, é possível obter uma série de benefícios no momento de realizar uma obra.

Nesse sentido, o texto irá abordar mais profundamente o conceito de pré-fabricação de estruturas, bem como as suas vantagens e aplicações.

Estruturas pré-fabricadas: o que são?

Uma estrutura pré-fabricada, como o seu nome indica, é aquele componente essencial para a sustentação de uma construção que é feito fora do canteiro de obras. Isso quer dizer que essas estruturas, ao invés de serem fabricadas durante o andamento de uma construção, são provenientes de processos industriais externos. Assim, desenvolvem-se milhares de peças dos mais variados formatos, tamanhos e tipos para serem utilizadas em diversos tipos de obras.

Entre os exemplos de itens que podem ser pré-fabricados para uma obra, têm-se:

  • Pilares;
  • Vigas;
  • Lajes;
  • Paredes;
  • Sistemas de cobertura;
  • Painéis de fachada;
  • Sistemas de fundação;
  • Telhas.

Com isso, pode-se realizar a construção total de vários espaços, desde prédios residenciais e empresariais de no máximo 10 andares até galpões industriais. Todavia, outros tipos de obras já foram feitos por meio dessas estruturas, entre as quais se têm: shoppings, arenas de jogos, bibliotecas, centros de treinamento, salões de cabelo, escritórios, entre outros. 

As peças pré-fabricadas são majoritariamente constituídas de concreto, existindo apenas poucas versões de estruturas metálicas. O material de produção pode variar de acordo com o tipo de concreto utilizado durante o processo. Ou seja, existem tanto peças feitas exclusivamente de concreto quanto outras feitas de concreto armado, contando com uma série de tubo de ferro em seu interior. 

Isso garante uma maior firmeza e resistência para as peças pré-fabricadas. Mesmo assim, a qualidade desses produtos é altíssima, já que precisa passar por uma série de verificações de segurança. Certas normas precisam ser seguidas para garantir a eficiência das peças, tais como a NR (Norma Reguladora) 7480, 7482, 7483 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), as normas ISO 9001, 14001, entre outras que costumam ser aplicadas ao setor de construção civil. 

Tudo isso mostra que as estruturas pré-fabricadas trazem segurança para a empresa responsável mesmo sendo industrializadas.

Estruturas pré-fabricadas X estruturas metálicas

Existem alguns detalhes cruciais que diferenciam as estruturas de concreto pré-fabricada dos itens de telhado de estrutura metálica. Sendo assim, a estrutura metálica é caracterizada por dar mais rapidez aos projetos, . 

O concreto pré-fabricado é feito de uma maneira industrial, fato que exige uma verificação de qualidade das várias etapas de sua fabricação. Enquanto o aço é o principal componente da estrutura metálica.

A verificação das etapas de fabricação precisa estar presente em diversos processos, desde o armazenamento do produto até o seu transporte e a sua utilização final na obra. Além disso, as peças de concreto pré-fabricado devem ser registradas e documentadas para fins de documentação da data de fabricação, do tipo de concreto e do aço que foram empregados e da assinatura dos profissionais responsáveis.

As vantagens das estruturas pré-fabricadas

Tendo em vista as informações acima, observa-se que as estruturas pré-fabricadas de concreto podem possuir uma série de vantagens durante a realização de uma obra. Entre elas, destaca-se, certamente, a economia de tempo. As peças de concreto pré-fabricado permitem que ocorra uma redução de 35% no tempo de construção em relação às obras que utilizam peças que são concretadas na hora. 

Isso quer dizer que, dentro da construção de uma laje, por exemplo, é muito mais fácil e rápido encaixar peças de laje pré-fabricadas do que realizar uma concretagem de laje total. Com isso, pode-se conquistar uma agilidade e rapidez dentro da obra, garantindo que construções inteiras possam ser entregues em um tempo muito menor graças ao sistema de encaixe existente nesse tipo de concreto. 

Esse fato ocorre, pois, as peças pré-fabricadas permitem que os esforços e os trabalhos de uma obra sejam voltados a outros assuntos, como a preparação de um terreno ou a criação de uma estrutura de ferragem armada. Também, o gasto com a produção de um concreto novo para ser utilizado durante a obra pode ser minimizado ou até cortado, já que as peças pré-fabricadas não exigem que seja feita a mistura do cimento com a brita, a água e a areia dentro do canteiro para a fabricação do concreto. 

Outro detalhe importante é que essas peças possibilitam que uma obra ocorra sem que seja feita a locação de betoneira, um equipamento ainda muito utilizado nas construções para a mistura do concreto.

Além disso, a questão da sustentabilidade é muito valorizada pelas estruturas pré-fabricadas. Isso porque a construção civil do país é um dos setores da economia que mais gera resíduos. Segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), 550 quilos de detritos são produzidos em obras por ano para cada habitante do Brasil. 

Tal situação justifica-se pelo fato de que o processo de produção artesanal de estruturas, como o concreto, faz uso de uma série de componentes que muitas vezes são simplesmente amontoados dentro de um canteiro. Esse descarte irregular de detritos e de entulhos pode provocar a contaminação de solos e de águas, desvalorizando o meio ambiente. 

Já as peças pré-fabricadas são feitas por meio de materiais que causam um baixo impacto na natureza, além de diminuírem o desperdício de materiais. Isso tudo colabora com a redução da quantidade de detritos que podem surgir em uma obra, visto que os processos industriais garantem uma produção massiva de itens de uma maneira categórica e bem definida.

Enfim, a utilização de peças pré-fabricadas permite que todo o andamento da obra ocorra normalmente. Ou seja, a estrutura interna da construção ainda pode ser feita do mesmo jeito. Com isso, a fiação pode ser feita normalmente por meio do uso de um eletroduto corrugado, por exemplo.

Outras vantagens do uso de estruturas pré-fabricadas podem ser citadas, tais como:

  • A garantia da qualidade do produto e do concreto utilizados;
  • O capital investido gera um retorno mais rápido;
  • A obra acontece com maior agilidade;
  • A gestão de projetos passa por uma melhoria;
  • Custos indiretos e diretos são reduzidos ou eliminados;
  • Menos perdas com variações climáticas;
  • Redução nas estruturas de fiscalização e de administração da obra;
  • O cronograma pode ser cumprido com mais confiança;
  • A obra não gera grandes quantidades de resíduos;
  • Ocorre uma diminuição da mão-de-obra necessária;
  • O desenvolvimento da obra acontece de modo mais preciso;
  • Redução do número de horas de trabalho do pessoal.

A importância do transporte adequado das peças

Apesar de todas as vantagens citadas acima, uma ênfase deve ser dada ao transporte das peças pré-fabricadas, tendo em vista que o processo de transporte, como qualquer outro produto, deve ser feito adequadamente para que não ocorra e quebra ou a deterioração dos itens. Nesse sentido, as peças pré-fabricadas precisam ser transportadas em carretas comuns, carretas extensivas ou especiais. 

A forma de transporte pode variar apenas de acordo com as necessidades de cada item. Além disso, informações como peso e comprimento das peças precisam ser levadas em consideração, já que carretas não preparadas para tais exigências podem gerar danos aos produtos. É importante frisar que, quanto menor for a distância entre o canteiro de obras e as fábricas de concreto pré-fabricado, menores são as chances de o material chegar deteriorado.

Assim, além disso, outras preocupações precisam ser tomadas no momento do descarregamento das peças na obra. Para tal, recomenda-se a locação de equipamentos para construção especializados para a situação, como é o caso de um caminhão munck. Esse veículo é capaz de levantar e movimentar cargas mais pesadas, permitindo um transporte e descarrego seguros das peças de concreto pré-fabricadas.

Portanto, considerando os assuntos abordados no decorrer do texto, percebe-se que as soluções de concreto pré-fabricadas já são uma tendência dentro do setor de obras do país. Apesar dessas tecnologias ainda não serem tão desenvolvidas e de não existir um número de tipos de peças muito grandes, ainda é possível obter grandes benefícios por meio das estruturas pré-fabricadas. 

A escolha dos itens corretos deve ser feita de acordo com o planejamento de cada obra, exigindo, sempre, o trabalho de um profissional especializado na área. Com isso, é possível obter obras com menores custos, maior preocupação ambiental e com menos tempo de entrega.