Saúde do pé: os 3 piores erros que causam dor no calcanhar

Saúde

Cerca de uma em cada dez pessoas no Brasil tem, mas nem todos podem sentir a espora do calcanhar. Somente quando o tecido circundante fica inflamado, cada passo se torna um teste doloroso. Neste artigo você verá porque a prevenção é realmente fácil e porque a bola de tênis é uma ferramenta importante para a saúde dos pés.

Arco plano – um espinho para a saúde!

Com o passar dos anos, nosso arco longitudinal dos pés fica cada vez mais plano, o que coloca a fáscia plantar sob tensão. Isso pode causar irritação na origem da fáscia. Para neutralizar a carga pesada, nosso corpo armazena cálcio nas inserções do tendão afetado para fornecer mais estabilidade. 

Esporão de calcanhar resultante é na verdade uma medida protetora bem-intencionada de nosso corpo. O problema: com o passar do tempo, uma inflamação extremamente dolorosa ao redor do tecido ósseo pode se desenvolver devido a uma carga incorreta posterior.

 Como o esporão do calcanhar é expresso?

  • Dor no calcanhar:  muitas vezes, as pessoas afetadas sentem que estão pisando em algo pontudo.
  • A primeira ocorrência pela manhã costuma ser particularmente dolorosa.
  • Frequentemente, não é mais possível ter uma aparência correta: como resultado, as  pessoas afetadas costumam adotar uma postura de alívio e não rolar mais os pés corretamente. E isso, por sua vez, também pode causar dores no quadril e nas costas.

Dois tipos de calcificação – uma solução

  • A espora inferior do calcanhar:  é a variante mais comum. A coluna vertebral se forma na parte inferior do osso do calcanhar e fica na base da placa do tendão da sola do pé e aponta para os dedos dos pés.
  • O esporão calcâneo superior:  é menos comum. Aqui, o processo ósseo se forma na parte posterior do osso do calcanhar na inserção do tendão de Aquiles.

1. Calçado incorreto

Para que o calçado realmente proteja e não se torne cúmplice das esporas, é imprescindível garantir que o ajuste está correto e que a sola do calçado tem amortecimento suficiente. 

Também é importante observar: os sapatenis masculino também devem se adequar às situações do dia a dia e não apenas ao traje. Quem passa o dia todo em pé ou caminhando deve evitar solas finas de couro (sem acolchoamento). 

2. De 0 a 100

Basta começar após uma longa pausa nos esportes e dar tudo de si no stepper, esteira ou no curso? Péssima ideia! Se os músculos (circundantes) estão muito fracos, os pés ficam sobrecarregados mais rapidamente. 

Por exemplo, músculos da panturrilha encurtados podem colocar os tendões do pé sob grande tensão e causar esporão do calcanhar. A inclinação pélvica ou a inclinação da coluna vertebral também podem ser problemáticas. 

Para que o treino tenha um efeito promotor da saúde, é imprescindível verificar sempre brevemente o status quo da nossa equipa – seja no início do treino ou após uma longa pausa. 

A propósito: a fase de aquecimento antes do exercício e a técnica correta de corrida também são importantes para proteger contra as esporas do calcanhar. Portanto, procure conselhos bons e individuais e não apenas comece.

3. Compensação anterior

Para a saúde do seu pé, conte com um contraponto ativo para a vida cotidiana plana. Quando você chegar em casa, não apenas deslize seus sapatos de trabalho nos chinelos e coloque os pés para cima, mas construa momentos descalços e faça um pequeno conjunto de exercícios regularmente. É exatamente aqui que a bola de tênis entra.

Pegue uma bola de tênis sob o pé e role toda a sola do pé sobre ela. Comece sentado e repita o exercício em pé. 3 repetições por lado e posição. O exercício treina a habilidade de mover e sensibilizar os nervos – ambos são negligenciados na vida cotidiana.