Quais os tipos de tecido mais baratos?

Diversos

Seja você costureira, artesã, amante de moda ou mesmo alguém que ama se vestir bem, conhecer um pouco mais sobre os tecidos usados nas nossas roupas é algo que faz toda a diferença.

Isso porque cada tipo de tecido oferece um caimento, textura, frescor ou aquecimento. Sem falar, é claro, das variações de preço. Isso vai interferir tanto na compra de tecidos por metro ou de roupas com desconto — as mais baratas certamente serão feitas de tecidos mais simples.

Tendo isso em mente, conhecer, nem que seja o básico, dos tecidos é algo que vai te ajudar na hora de escolher os modelos e peças que mais tenham a ver com suas necessidades e, de quebra, tenham aquele precinho bacana.

O que diferencia os tecidos?

Vários aspectos os diferenciam. O principal deles é a matéria-prima usada: quanto mais sintético for o tecido, mais barato ele será. E o contrário também é verdadeiro, já que peças feitas de forma mais natural costumam ser mais caras.

Outro aspecto importante é o tipo de trama do tecido. Ela pode ser na horizontal e na vertical, o que forma uma espécie de tela — esses são os chamados tecidos planos — ou somente na horizontal, gerando maior elasticidade.

Maleabilidade, durabilidade, resistência, textura e até mesmo a própria estética são outros fatores que vão diferenciar um tecido do outro. Agora, em se tratando de preço, isso pode variar bastante. Para facilitar, selecionamos diferentes tecidos com algo em comum: o baixo custo.

Cetim

Facilmente confundido com a seda à primeira vista, o cetim é um tecido leve e com aspecto naturalmente brilhoso e escorregadio, podendo ser feito a partir de diferentes matérias-primas, tais como algodão, poliéster, poliamida e até mesmo seda.

O cetim é um tecido usado majoritariamente em peças mais pomposas, como vestidos de festa ou de casamento, mas também aparece em camisas sociais e blusas de alça.

Crepe

Vale dizer que existe uma certa variedade deste tecido e cada um terá suas próprias particularidades, mas, de forma geral, o crepe é um tecido leve e com textura levemente rugosa.

Por ser feito a partir de diferentes tipos de fibra, o crepe pode ter variações de textura e de preço. Os melhores, porém, são os feitos com fibras naturais, a exemplo do algodão, além de serem mais frescos.

Chita

Facilmente reconhecido pelas estampas coloridas e super florais, o tecido de chita é uma opção das mais baratas. Sua composição é praticamente apenas de algodão e tem pouquíssima flexibilidade. É muito usado para confecção de toalhas de mesa e jogos americanos, além de ser o material central dos vestidos usados nas quadrilhas de festas juninas Brasil afora.

Malha

A malha é, sem dúvida alguma, um dos tecidos mais flexíveis e, portanto, muito usados na fabricação de peças mais leves, informais e super confortáveis, como shorts, bermudas e calças para atividades físicas. Isso acontece porque os fios da malha são trançados somente na horizontal, assim como no tricô, e isso confere elasticidade ao tecido.

Tricoline

Esse tecido plano, feito majoritariamente com algodão, é um dos preferidos para quem está começando a costurar, sendo facilmente adaptável à máquina de costura, mas também a técnicas como colagem.

Além do excelente custo-benefício, o tricoline é um tecido muito utilizado em camisas sociais femininas, masculinas, saias, vestidos e no artesanato de peças como bolsas, forro de mesa e até peças com patchwork.

Viscose

A viscose é o tipo de tecido que combina muito com o tempo mais quente, pois é uma peça muito fresca e com um toque macio e leve. O que dá essa característica é exatamente sua origem: a viscose é feita a partir de tronco de árvore.

Apesar de ser uma ótima opção para diversas peças — saias, vestidos, blusas, batas, macacões, etc. — e ter um preço bem acessível, o ponto negativo da viscose é que ela se amassa facilmente. Uma dica para driblar isso é: quando lavar, pendure as peças encharcadas no varal, de modo que vão secando mais lisas.

Gostou das dicas do nosso blog? Agora que já conhece melhor os diferentes tipos de tecido, aposto que ficou muito mais fácil escolher o que combina melhor com você!